54 99100-0045 | 3027-1881 contato@dentalvitta.com.br

      DTM e Dor Orofacial

      Ortodontia

      Agende sua Consulta (54) 3027.1881

      O que é?

      DTM (Disfunção temporomandibular) e Dor Orofacial é o nome da especialidade que atua e resolve problemas na região da ATM (articulação temporomandibular). DTM é um nome genérico para um conjunto de problemas, que podem ser musculares, articulares ou neuropáticos e ser acompanhados ou não de dor orofacial (DOF): toda dor associada a tecidos moles e mineralizados da cavidade oral e da face.
      Não existe uma causa específica para a DTM, mas sim alguns fatores que podem desencadear a disfunção, como trauma, estresse emocional, bruxismo e predisposição genética para dores crônicas, entre outros. 
       

      Indicações para o tratamento

      Paciente apresenta: 
      • Dor de cabeça ou enxaqueca;
      • Dores no pescoço, ouvido e face;
      • Dores de dente;
      • Dor ao abrir e fechar a boca e estalos ao fazer esse movimento.

      Tipos de DTMs e seus tratamentos 

      Muscular: Ocorre quando a musculatura sofre um excesso de tensão;
      Articular: Pode ocorrer devido a doenças degenerativas como artrite reumatóide, sobrecarga na articulação ou traumas. 
      Neuropática:  Em casos que os nervos são danificados e respondem a dor de modo amplificado e/ou confuso se mantendo por mais de 3 meses.
      O indicação de tratamento é individual e personalizada, mas pode envolver medicamentos, placa de mordida, fisioterapia, entre outros. Algumas alterações específicas de ATMs podem ter orientação cirúrgica

      Ronco e Apneia

      A apneia trata-se de repetidas paradas respiratórias durante o sono, o sistema nervoso faz a pessoa acordar e retomar a respiração.  
      Um paciente que tem entre 5 e 15 paradas respiratórias é considerado com grau leve de apnéia, casos moderados chegam a 30 paradas durante o sono e, mais do que isso, são casos graves. A falta de oxigênio pode levar a situações como um infarto ou Acidente Vascular Cerebral (AVC). 
      É importante a realização de diagnóstico médico diferencial, incluindo consultas com otorrinolaringologista e pneumologista, além da realização de exames como a polissonografia. 
      Caso o paciente tenha doenças crônicas que podem afetar a respiração, como a obesidade e problemas cardiovasculares, deve consultar o médico de confiança. 
      Indicações 
      Paciente apresenta: 
      Estreitamento da orofaringe, região que fica atrás da língua, o ronco acontece devido ao ar que fica preso no local. 
      Tipos de tratamento
      • Aparelhos propulsores mandibulares, podem ser indicados para reposicionar a mandíbula, aumentando o espaço para a passagem de ar;
      • Avanço maxilo-mandibular para casos casos específicos;
      • CPAP (terapia do sono com pressão positiva) – trata-se de um aparelho que auxilia na respiração durante a noite. 
      • Cirurgias buco-maxilo-faciais podem ser indicadas para casos graves, como retrognatismo mandibular e maxilar.  
      Cuidados 
      Idosos, quem tem familiares na mesma situação e pessoas com obesidade têm mais disposição à desenvolver a doença e devem ficar atentos aos sintomas. 
      É importante buscar auxílio médico ao perceber as paradas respiratórias e iniciar os possíveis tratamentos para a apneia do sono. Caso seja recomendado o uso de aparelhos siga as instruções de higiene e cuidados do seu ortopedista. 

      Bruno Cerci
      DTM e Dor Orofacial | Ortodontia 

      Bruxismo

      O bruxismo é um hábito parafuncional que leva a contração involuntária dos músculos da mastigação durante o dia (em vigília) ou a noite. Acordados temos, de modo geral, o apertamento ou contração da musculatura sem que os dentes se toquem. A noite é comum ranger dos dentes.
      O bruxismo acomete adultos e crianças. É importante a realização de diagnóstico diferencial que consiste em uma conversa completa com o paciente (anamnese), somada ao exame clínico, histórico médico e avaliação de possíveis causas dos sintomas de acordo com o histórico médico e odontológico, além dos fatores genéticos.
      Um dos sinais de alerta para procurar um especialista é acordar com dor nos músculos da mandíbula.
      Indicações do tratamento
      Paciente apresenta: 
      • Mobilidade, dor, desgaste e quebra dos dentes e implantes; 
      • Alterações no esmalte dos dentes;
      • Dor de cabeça, no pescoço, na mandíbula e nos músculos da face;
      • Alterações no sono e estalos ao abrir ou fechar a boca. 
      Casos graves:
      • Problemas ósseos e gengivas; 
      • DTM  (Disfunção temporomandibular)
      • Dor nos músculos mastigatórios
      Tipos de tratamento
      • Placa estabilizadora interoclusal acrílica de proteção para evitar desgaste dos dentes;
      • Orientações;
      • Acompanhamento com especialista;
      Cuidados 
      Além de seguir as recomendações do seu ortodontista com o possível uso de placa de proteção, é necessário avaliar e tratar casos de tensão ou ansiedade que podem levar ao bruxismo. 
      Auto-cuidados
      • Botox
      • Inflitração
      • Artrocentese
      • Laser
      • Tens
      • Placa superior
      • Placa inferior
      • Placa protrusiva
      • Polissonografia
      Equipe multidisciplinar 
      • Psiquiatra
      • Psicologo
      • Otorrino
      • Neurologista
      • Buco-Maxilo
      • Fisioterapeuta
      • Reumatologista
      • Cirurgiões dentistas/ ortodontistas
      Open chat